April 17, 2024

O maravilhoso mundo do Mahjong: uma história de amigos improváveis ​​e diversão atemporal

Marta Silva
WriterMarta SilvaWriter
  • Principal lição: Mahjong, mais do que apenas um jogo, é uma fonte de simples diversão e conexão para um grupo diversificado de indivíduos.
  • Conclusão principal dois: O ressurgimento do jogo, especialmente em lugares como Buckhead, faz parte de uma tendência mais ampla que busca conexão e estímulo mental.
  • Principal lição três: Mahjong promove um espírito comunitário único, transcendendo as reuniões sociais tradicionais com sua mistura de estratégia, camaradagem e risadas.

O que três advogados, um investidor de private equity, um professor de SCAD, um corretor de imóveis comerciais e um escritor têm em comum? Todos eles se deleitam com o antigo jogo de Mahjong. Este grupo eclético forma meu círculo de Mahjong e esta é a nossa história.

O maravilhoso mundo do Mahjong: uma história de amigos improváveis ​​e diversão atemporal

No coração de Buckhead, os entusiastas do Mahjong estão emergindo como uma comunidade vibrante. Apesar de suas referências culturais O Clube da Alegria e da Sorte e Asiáticos ricos e loucos, muitos ainda ficam intrigados com a pergunta: O que exatamente é Mahjong?

Em sua essência, Mahjong pode ser comparado ao gin rummy, mas com peças lindamente elaboradas em vez de cartas. O objetivo é simples: ser o primeiro a criar uma sequência específica com suas peças.

O apelo do Mahjong pode ser atribuído aos seus supostos benefícios, como promover a paciência e a cortesia. Mas sejamos realistas: a nossa vida agitada na cidade deixa pouco espaço para paciência. Estudos citados pela Market Business News destacam o papel do Mahjong na melhoria das funções cognitivas e da memória. Até Julia Roberts encontra consolo na natureza relaxante do jogo. No entanto, essas razões mal arranham a superfície do motivo pelo qual nos reunimos para jogar.

Nossa motivação é puro prazer. Sem formalidades, sem agendas, apenas o jogo e a nossa empresa. Surpreendentemente, as nossas sessões são desprovidas de comida ou bebida, salvo ocasionais LaCroix, tornando os nossos encontros uma anomalia entre os grupos sociais. No entanto, isso não diminui a nossa alegria; na verdade, ele o amplifica.

As origens do jogo estão envoltas em mistério, com debates sobre seu início e até mesmo sobre sua ortografia. No entanto, a sua introdução na América na década de 1920 por Joseph P. Babcock marcou o início de um fascínio de longa data.

A recente pandemia reacendeu o interesse pelo Mahjong, sublinhando a nossa necessidade inata de ligação. Mahjong oferece uma solução perfeita: um ambiente unido para quatro pessoas, compartilhando não apenas um jogo, mas também momentos de interação genuína.

O Buckhead Mahjong Club no Facebook serve como porta de entrada para iniciantes, oferecendo aulas e encontros para entusiastas de todos os níveis. A rotina do nosso grupo, embora não fixada num horário semanal, tornou-se uma parte querida das nossas vidas, trazendo risos e um sentimento de proximidade que perdura muito depois de os azulejos serem guardados.

Para nós, Mahjong transcende o mero jogo. É uma prova da alegria dos prazeres simples, do calor do companheirismo e do riso que nos une. E no final das contas, não é isso que deveria ser toda terça ou quarta à noite?

(Relatado pela primeira vez por: Market Business News, The Seattle Times)

About the author
Marta Silva
Marta Silva
About

Marta Silva combina a sua profunda compreensão do português com uma paixão inata por jogos. Como a especialista de referência em localizar conteúdo de casino online para o mercado português, ela entrelaça cultura, língua e a emoção do jogo de forma perfeita.

Send email
More posts by Marta Silva
undefined is not available in your country. Please try:
Descobrindo Mahjong em Owensboro: uma nova onda de conexão e tradição
2024-05-23